10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo em Belém

Mostra ocorre de 18 a 23 na capital paraense. Programação contempla 40 filmes, com exibição gratuita, no Líbero Luxardo.

Em sua décima edição, a Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo chega a Belém, na próxima quarta-feira (18), às 20h, no Cine Líbero Luxardo, na Fundação Cultural do Pará (FCP). Na ocasião, será exibido o filme “Betinho, a Esperança Equilibrista”, sobre o sociólogo e ativista Hebert de Souza. O documentário de longa-metragem será precedido pelo curta “Abraço de Maré”. A mostra segue até o dia 23 de novembro, na capital paraense. Fazem parte da programação 40 filmes entre curtas, médias e longas-metragens, divididos em três mostras: Homenagem, Panorama e Temática. Todas as exibições são gratuitas.

BRANCO SAI PRETO FICA (1)

 

BRANCO SAI PRETO FICA

A Mostra Homenagem faz uma retrospectiva representativa das 9ª edições anteriores e exibe filmes premiados em cada edição; a Mostra Temática terá como foco Criança e Adolescente, e a Mostra Panorama reunirá 24 filmes produzidos a partir de 2011 no Brasil, França, Estados Unidos e Singapura, selecionados por meio de chamada pública.

ENCANTADOS (1)

Entre os filmes que serão exibidos estão “Betinho – A Esperança Equilibrista”, de Victor Lopes que retrata a vida do sociólogo e ativista, Herbert de Souza, o Betinho, que tinha a saúde frágil, mas a força dos grandes idealistas. Lutou permanentemente contra as injustiças e liderou diversos movimentos sociais, mobilizando milhões de brasileiros a ajudar a mudar o rumo do país. Outra obra é Branco sai – Preto fica, de Adirley Queirós. A cineasta Tizuka Yamasaki assina a direção do filme “Encantados”, que traz no elenco a atriz paraense Dira Paes ao lado de Carolina Oliveira e Thiago Martins.

ENCANTADOS (2)

A 10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo é uma edição comemorativa, que celebra esta iniciativa de fortalecimento e disseminação da cultura e da educação em Direitos Humanos. Ela foi lançada para celebrar o aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, em 10 de dezembro de 1948.

ENCANTADOS

Nesta mesma semana, a Mostra ocorre em outras seis capitais: Belo Horizonte (MG), Florianópolis(SC), Macapá (AP), Campo Grande(MS), Porto Velho (RO), e Aracajú (SE), promovendo sessões de filmes durante cerca de cinco dias seguidos em cada cidade. A 10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo segue até o dia 20 de dezembro, passando por todas as 26 capitais do país e pelo Distrito Federal.

Realizada pelo Governo Federal, através do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos e da Secretaria Especial de Direitos Humanos, com produção do ICEM – Instituto Cultura Em Movimento, a Mostra dedica-se a apresentar filmes que discutem temas atuais de Direitos Humanos, como: direitos das pessoas com deficiência; população LGBT/enfrentamento da homofobia; memória e verdade; crianças, adolescentes e juventude; pessoas idosas; população negra; população em situação de rua; mulheres; Direitos Humanos e segurança pública; proteção aos defensores de Direitos Humanos; direito à participação política; combate à tortura; situação prisional; democracia e Direitos Humanos; saúde mental; cultura e educação em Direitos Humanos.

Deixe uma resposta