12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos



Convocatória

12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos

A Mostra Cinema e Direitos Humanos, criada em 2006 pela então Secretaria Especial de Direitos Humanos, é uma ação de promoção da educação e da cultura em Direitos Humanos.

Há uma década a Mostra dedica-se a apresentar filmes que discutem temas atuais de Direitos Humanos.

Em 2018, a 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos será realizada pela Secretaria Nacional de Cidadania do Ministério dos Direitos Humanos nas 26 capitais e no Distrito Federal, com todas as sessões gratuitas. Nesta edição, a Mostra terá como tema os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

A programação compreende uma seleção de filmes contemporâneos que são também selecionados por meio de chamada pública, além de homenagens e programas especia

Convocatória

Prevista para os meses de novembro a dezembro de 2018, a 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos abre chamada para receber trabalhos audiovisuais.

Serão selecionados por prospecção e curadoria os filmes que serão exibidos em todas as capitais do país e no Distrito Federal.

O evento será voltado à exibição de obras finalizadas a partir de 2011 cujo conteúdo contemple aspectos relacionados aos Direitos Humanos, tais como:

  • Direitos das pessoas com deficiência;
  • População LGBT/enfrentamento da homofobia;
  • Memória e verdade;
  • Crianças, adolescentes e juventude;
  • Pessoas idosas;
  • População negra;
  • População indígena;
  • População em situação de rua;
  • Mulheres;
  • Direitos Humanos e segurança pública;
  • Proteção aos defensores de Direitos Humanos;
  • Direito à participação política;
  • Combate à tortura;
  • Combate ao trabalho análogo ao escravo;
  • Situação prisional;
  • Democracia, participação política e Direitos Humanos;
  • Imigração;
  • Diversidade religiosa;
  • Saúde mental;
  • Cultura e educação em Direitos Humanos;
  • Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Não há restrição quanto à duração, gênero ou suporte de captação/finalização. As exibições serão em suporte digital.

A ficha de inscrição deve ser preenchida no link abaixo até 15 de Outubro.

FAÇA AQUI SUA INSCRIÇÃO

12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos

REGULAMENTO – FILMES

 A 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos abre chamada para receber trabalhos audiovisuais sobre direitos humanos. O evento exibe entre novembro e dezembro de 2018 uma série de filmes que tratam da temática em diversas localidades do país.

Com esse intuito, uma curadoria especializada seleciona obras finalizadas a partir de 2011 cujo conteúdo contemple aspectos relacionados aos seguintes temas de Direitos Humanos:

  • Direitos das pessoas com deficiência;
  • População LGBT/enfrentamento da homofobia;
  • Memória e verdade;
  • Diversidade religiosa;
  • Crianças, adolescentes e juventude;
  • Pessoas idosas;
  • População negra;
  • População indígena;
  • População em situação de rua;
  • Mulheres;
  • Direitos Humanos e segurança pública;
  • Proteção aos defensores de Direitos Humanos;
  • Direito à participação política;
  • Combate à tortura;
  • Combate ao trabalho análogo ao escravo;
  • Democracia, participação política e Direitos Humanos;
  • Imigração;
  • Diversidade religiosa;
  • Saúde mental;
  • Educação e Cultura em Direitos Humanos;
  • Declaração Universal dos Direitos Humanos.

 

Dos Objetivos

  1. O evento pretende exibir filmes de curta, média e longa metragem sobre o tema Direitos Humanos nas 26 (vinte e seis) capitais brasileiras e no Distrito Federal, por meio de sessões gratuitas. São objetivos indiretos, porém primordiais  Mostra:

a)Envolver o público situado fora dos grandes centros e não habituado ao consumo de bens culturais no debate sobre seus direitos;

b)Promover a ampliação do debate sobre os Direitos Humanos através da produção cinematográfica.

Da Inscrição

       2.As inscrições de peças cinematográficas para a 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos estarão abertas de 20 de setembro a 15 de outubro de 2018.

  1. Os proponentes deverão preencher a ficha de inscrição  até dia 15 de outubro de 2018 .

FAÇA AQUI SUA INSCRIÇÃO

  1. O/a realizador/a autoriza os organizadores do evento a utilizarem fotos e até 1 minuto do filme para fins de divulgação.

Da seleção dos filmes

  1. A lista dos filmes selecionados será divulgada até 22 de outubro de 2018 no site da Mostra: http://mostracinemaedireitoshumanos.mdh.gov.br/
  2. Apenas os selecionados serão contatados por e-mail para confirmação de interesse.
  3. A organização do evento se reserva o direito de convidar filmes para exibição na Mostra, conforme critérios da curadoria.

Da Exibição

  1. Os filmes selecionados na convocatória serão exibidos nos locais habilitados em 2018, em formato digital em programas nas 26 capitais e Distrito Federal.
  2. A Mostra arcará com os custos de legendagem no sistema closed caption e janela de Libras, para inclusão de pessoas com deficiência auditiva, e de áudio-descrição em alguns filmes, para a realização de sessões especiais e consequente inclusão de pessoas com deficiência visual.
  3. A inscrição do filme na 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos está condicionada a plena aceitação deste regulamento.
  4. A qualquer tempo, a presente convocatória pública poderá ser revogada ou anulada, no todo ou em parte, por motivo de interesse público ou exigência legal, sem que isso implique direito à indenização ou reclamação de qualquer natureza.

Mais informações podem ser obtidas por telefone ou e-mail:

+55 61 2027.3905 (Secretaria Nacional de Cidadania do Ministério dos Direitos Humanos)

educacaoemdireitoshumanos@mdh.gov.br

+55 21 3804.5600 (Instituto Cultura em Movimento)

icem@icemvirtual.org.br

_______________________________________________________________________

11ª MOSTRA CINEMA E DIREITOS HUMANOS 

_______________________________________________________________________

ÚLTIMOS DIAS PARA O PREENCHIMENTO  DO RELATÓRIO DO CIRCUITO DIFUSÃO

PRAZO ATÉ 31 DE DEZEMBRO DE 2017

___________________________________________________________________________

PRORROGAÇÃO DO PRAZO PARA O ENVIO DOS RELATÓRIOS DO CIRCUITO DIFUSÃO 

A Mostra Cinema e Direitos Humanos comunica que, afim de prolongar o período de exibições do Circuito Difusão 2017, prorroga o prazo de envio dos relatórios das exibições até o fim do ano >> 31 de dezembro!

Se a sua instituição ainda não fez as exibições e relatório, é a última oportunidade de realiza-las.

Não deixe de realizar as sessões em seu município, o material foi pensando com muito cuidado para fazer que o debate sobre Direitos Humanos circulassem por todo país.

FAÇA AQUI SEU RELATÓRIO DO CIRCUITO DIFUSÃO

 

CIRCUITO DIFUSÃO 2017

A Mostra de Cinema e Direitos Humanos, comunica a prorrogação do prazo de envio dos RELATÓRIOS DE ACOMPANHAMENTO DO CIRCUITO DIFUSÃO 2017.

Dessa forma, os pontos de exibição selecionados tem até o dia 30 de novembro de 2017 para preencher o relatório de acompanhamento das 3 sessões obrigatórias.

Segue abaixo link para o relatório.

LINK PARA O RELATÓRIO DO CIRCUITO DIFUSÃO

___________________________________________________________________________

CATÁLOGO CIRCUITO DIFUSÃO

____________________________________________________________________________

PREMIAÇÃO  DOS FILMES VENCEDORES DA 11ª MOSTRA CINEMA E DIREITOS HUMANOS

Circuito Difusão 2017

Lista das Instituições Contempladas do Circuito Difusão 2017

Regulamento Circuito Difusão 2017

______________________________________________________________________

NOTA DE PESAR

A Produção Nacional da 11ª Mostra Cinema e Direitos Humanos expressa pesar pela perda do ativista LGBT gaúcho Babalorixá  Nei D’Ogum.

Pai Nei trabalhou por toda sua vida com diversas questões de direitos humanos. Enfrentou a violência e a repressão da ditadura, da tortura, da intolerância religiosa e das vivencias no campo da LGBTfobia. Violência traduzida nele mesmo por ser gay, negro, batuqueiro, pobre e periférico.

Mesmo assim, lutou até a sua morte pela igualdade de direitos e por uma vida mais digna a todas e todos que sofrem discriminações e preconceito. Apoiava todas as manifestações que reivindicavam a luta diária pela sobrevivência e contra violência direcionada a LGBT.

Nei D’Ogum foi protagonista do filme Pobre Preto Puto, parte da programação da 11ª Mostra Cinema e Direitos Humanos. O documentário, de Diego Tafarel, foi apresentado na Mostra Temática, cujo mote foi a questão de gênero.

Como bem apresenta a sinopse da obra, Nei D’Ogum foi amor econtradição; foi um guerreiro das causas negras, gays e transexuais; foi a própria causa.

__________________________________________________________________________

FILMES PREMIADOS 11ª MOSTRA – VOTAÇÃO JURI POPULAR

MELHOR LONGA METRAGEM

Meu Nome é Jacque – Angela Zoé | Brasil | 2106 | 72 min| Documentário

  • Roteiro: Angela Zoé
  • Fotografia: Luís Abramo
  • Edição: Célia Freitas Edt, Fernando Botafogo e Marcelo Luna
  • Produtora  Realizadora : Documenta Filmes
MELHOR MÉDIA METRAGEM

 Depois Que Te Vi –  Vinícius Saramago | Brasil | 2016 | 16 min | Ficção

  • Roteiro: Vinicius Saramago
  • Fotografia: João Casalino
  • Edição: Talita Ghivelder
  • Produtora  Realizadora : Revoar Filmes
MELHOR CURTA  METRAGEM

De Que Lado Me Olhas – Ana Carolina de Azevedo e Helena Sassi | Brasil | 2014 | 15 min  Documentário

  • Roteiro: Ana Carolina de Azevedo, Helena Sassi, Iuri Santos, Leonardo Michelon
  • Fotografia: Iuri Santos
  • Edição: Leonardo Michelon
  • Elenco: Alice, Sophia, Felipe, Angelix, Eric, Alex, Georgia
  • Produtora  Realizadora : Ana Carolina de Azevedo e Leonardo Michelon

 

 

CIRCUITO DIFUSÃO

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

BREVE DIVULGAREMOS A LISTA DAS INSTITUIÇÕES CONTEMPLADAS

Filmes Selecionados do Circuito Difusão 2017

Apresentação

Criada em 2006 como uma das ações estratégicas da Secretaria Especial de Direitos Humanos para celebrar o aniversário da Declaração Universal de Direitos Humanos, proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948, a Mostra Cinema e Direitos Humanos foi expandida ao longo dos últimos 10 anos e, atualmente, ocorre em todas as capitais federais do Brasil.

A Mostra é uma das estratégias do Governo Federal para consolidação da cultura e da educação em Direitos Humanos, ampliando espaços de debate e discussão por meio da linguagem cinematográfica e contribuindo para a formação de uma nova mentalidade coletiva para o exercício da solidariedade, do respeito às diversidades e da tolerância.

Nestes dez anos, a Mostra expandiu em alcance e em escopo – da América do Sul para o Hemisfério Sul, e no Mundo, além de contar, pelo quarto ano consecutivo, com cerca de 1.000 pontos de difusão pelo país, assumindo assim um caráter descentralizador e democrático.

A 11ª Mostra Cinema e Direitos Humanos é realizada pelo Ministério dos Direitos Humanos.

11ª  MUESTRA DE CINE Y DERECHOS HUMANOS

Establecida en 2006 como una de las acciones estratégicas de la Secretaría Especial de los Derechos Humanos  para celebrar el aniversario  de la Declaración Universal de los Derechos Humanos, proclamada por la  Asamblea General de las Naciones Unidas el 10 de diciembre de 1948, la  Muestra de Cine y los Derechos Humanos se ha ampliado en los últimos  10 años y en la actualidad se produce en toda lcapital federal de Brasil.

El espectáculo es una de las estrategias del Gobierno Federal para la consolidación de la cultura y la educación en derechos humanos, la  ampliación de las oportunidades para el debate y la discusión a través  del lenguaje cinematográfico y contribuyendo a la formación de una  nueva mentalidad colectiva para ejercer la solidaridad, el respeto a
la diversidad y la tolerancia.

En estos diez años, el programa se ha ampliado en su alcance y en su  alcance – desde América del Sur hacia el hemisferio sur, y el mundo, además del cuarto  año consecutivo, con cerca de 1.000 puntos de distribución en país,  asumiendo así un carácter descentralizado y democrático.

La 11ª Mostra Cine y Derechos Humanos está en manos de la Secretaría Especial de Derechos Humanos del Ministerio de Derechos Humanos.

 

11th Cinema and Human Rights Exhibition

Established in 2006 as one of the strategic actions of the Special Secretariat for Human Rights to celebrate the anniversary of the Universal Declaration of Human Rights, the United Nations General Assembly on December 10, 1948, the Cinema and Human Rights Exhibition has been expanded over the last 10 years and currently occurs in all federal capitals of Brazil. 

The Exhibition is one of the strategies of the Federal Government for culture and education in human rights consolidation, expanding opportunities for debate and discussion through the cinematographic language and contributing to the formation of a new collective mentality to exercise solidarity, respect for diversity and tolerance.

Over the last decade, the Exhibition has expanded in scope – from South America to the southern hemisphere, and to the world. Besides, for the fourth consecutive year, it counts with about 1,000 points of distribution throughout the country, thus taking a decentralizing and democratic character.

The 11th Cinema and Human Rights Exhibition is held by the Special Secretariat for Human Rights of the Ministry Human Rights.